Sabia que a Hipnoterapia está a ajudar muitas pessoas com depressão?

  • As técnicas de hipnose podem auxiliar, agilizar e potencializar o tratamento da depressão.
  • De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão afecta um em cada 5 portugueses, o equivalente a 20% da população.
  • A perturbação depressiva pode ocorrer tanto em homens como em mulheres, de todas as idades e de qualquer classe social.
  • A depressão causa muito sofrimento para a pessoa doente, e com frequência afecta as pessoas mais próximas.
  • Quem sofre com depressão, sofre com os sentimentos de infelicidade, inutilidade, culpa e vazio.
  • A pessoa deprimida fica angustiada, desanimada, sente-se sem energia, passa a encarar até as tarefas mais simples como se fossem um grande esforço.

Alguns sintomas comuns da depressão são:

Tristeza persistente, ansiedade, aperto no peito, desesperança, desamparo, desânimo, sensação de inutilidade, insônia ou sonolência excessiva, perda ou excesso de apetite e peso, fadiga, idéias e/ou tentativas de suicídio.perda de interesse e prazer pela vida. (“Pra que me levantar da cama? Pra que viver? Pra que trabalhar? Qual o sentido de tudo isso?”)

A vida parece cinzenta e sem graça.

O mais importante de tudo isso é saber que existe tratamento para a depressão e que várias pessoas já conseguiram sair desse estado com a ajuda da Hipnoterapia. Através da hipnoterapia é possível tratar e limpar de forma rápida e profunda emoções negativas, ressentimentos, mágoas, culpas, medos, tristezas e traumas passados. Além disso, através da hipnose, é possível fazer uma programação mental, no qual são gravados na mente inconsciente pensamentos e ideias positivas, para restabelecer a vontade e o ânimo de viver, gerando comportamentos e pensamentos mais saudáveis. Tenho percebido que com o tratamento com a hipnose, praticamente todas as pessoas podem vencer a depressão em poucas sessões de terapia.

Como cada caso é um caso, a duração do tratamento pode variar de pessoa para pessoa, mas geralmente para uma depressão moderada podemos falar em cerca de 6 sessões para ultrapassar o problema. Embora alguns casos possam ser mais longos, nomeadamente, quando há uma dependência severa de psicofármacos.

De forma geral a maioria das pessoas começa a sentir melhoras desde as primeiras sessões. Entretanto é essencial que a pessoa faça todo o tratamento para evitar o retorno futuro do mesmo quadro.

Se não está conseguindo resolver sua vida sozinho(a), peça ajuda, mexa-se, faça acontecer, entre em acção!

Tudo começa com um primeiro passo, mesmo que o passo seja pequeno e que tudo pareça muito distante, sempre podemos Ser Muito Mais. Vá em busca da sua felicidade e comece já a preparer-se para um fantástico ano novo!

Assista ao testemunho da nossa convidada que já teve esta experiência com excelentes resultados e saiba mais sobre como isso tudo acontece.

Veja o vídeo aqui.

Outros exemplos de indicações da hipnoterapia são: ansiedade, stresse, gaguez, insônia, medos, fobias, timidez, transtornos alimentares (bulimia, anorexia, obesidade etc.), hábitos indesejáveis, tabagismo, desenvolvimento de capacidades, rompimentos amorosos, perda de pessoas queridas (luto), rendimento escolar, desportivo e profissional, preparação para exames, concursos e entrevistas, autoestima e autoconfiança, disfunções sexuais, emagrecimento, regressão de memória (traumas passados).

Contraindicações: Não é possível utilizar a hipnoterapia em casos de esquizofrenia, epilepsia, psicoses e senilidade.